Ideias para organizar cozinhas pequenas

em 30 janeiro, 2017

Ideias para organizar cozinhas pequenas


Passeando hoje pelo Pinterest , encontrei lindas cozinhas pequenas, bem organizadas e decoradas. Sempre procuro inspiração por lá , ainda mais quando estou em época de arrumar tudo por aqui. Todo ano costumo fazer algumas mudanças para dar um "up" nas energias da casa. Então fui buscar inspirações lá no Pinterest.

O objetivo hoje é mostrar que é possível ter uma cozinha bem organizada, decorada e aconchegante, aproveitando o máximo do espaço útil.

Uma tendência tem invadido as cozinhas na atualidade, é a verticalização dos objetos. Tornando a cozinha funcional e harmoniosa.



fonte: Pinterest
Olha que sensacional, esse porta-temperos, acoplado no fogão. Super prático e economiza muito espaço. Para cozinhas com pouco armário essa opção verticalizada é excelente. Veja outros modelos com esse mesmo estilo: 



Fonte:Pinterest



Fonte:Pinterest
Fonte:Pinterest


Acima, um paneleiro vertical, charmoso e ocupando uma parede pequena da cozinha. Outra ideia para organizar cozinhas pequenas , são os balcões. Eles tem o poder de dividir o espaço em dois compartimentos.

Imagem daqui 
Imagem daqui
Imagem daqui


Imagem daqui














Dicas extras :


  • Não acumule louças ou itens que não estejam em uso.
  • Aposte em itens que economizam espaço nos armários, como prateleiras, escorredores de louça e talheres, divisórias, suportes, etc.
  • Ao limpar os armários, teste sempre a mistura de água e sabão em um espaço escondido para garantir que não estrague o acabamento.
  • Verifique os armários de vez em quando para conferir se eles continuam organizados.

Espero que tenha gostado das dicas de hoje !

Até mais !!!

Deixe seu comentário !!!

Como ajudar seu filho na adaptação escolar; Pré-escola

em 27 janeiro, 2017


Como ajudar seu filho a se adaptar na pré-escola 

Ajudar seu filho a se ajustar à pré-escola pode ser uma experiência positiva se você tirar o tempo para planejar a transição, ter paciência com ele e estar disposta (o) a ser flexível. Algumas crianças estarão prontas mais cedo do que outras; mas todas farão a transição quando estiverem prontas e com o apoio dos pais. Este artigo irá ajudá-lo a facilitar a transição do seu filho à pré-escola.

Você deve começar examinando seus próprios sentimentos sobre a pré-escola. O que quer que o seu filho tire dela? O que é importante para você em uma escolinha? Você está achando a ideia de seu filho ir para a pré-escola difícil? Esteja ciente de que se estiver em dúvida sobre o seu filho ir para a escola, então ele certamente sentirá esses sentimentos e ficará mais susceptível a expressar ansiedade devido a separação. Você precisa garantir que seus próprios sentimentos sejam positivos para que a experiência da criança também seja positiva. Eu mesmas contei a história da adaptação escolar da minha bebê , aqui. Acesse para conhecer. ADAPTAÇÃO ESCOLAR DA MANU. Inclusive agora em fevereiro ela vai passar por um processo de readaptação e claro, vou contar pra vocês com tem sido, conforme as coisas forem acontecendo. 

Então continuando,tire um tempo para visitar as escolas em seu bairro.Eles frequentemente permitem que você visite-os em horário de aula, faça muitas perguntas e tudo isso com bastante antecedência, principalmente se for colocá-lo em cheche. As creches públicas costumam ter listas de espera. Faça perguntas como: Qual o histórico dos professores? Que tipo de experiência e formação eles têm? Será que eles vão deixar você ficar na sala até que seu filho fique confortável com sua saída? Como eles confortam uma criança chateada? Eles vão servir os lanches ou seu filho precisa levar comida? Existe cuidados com as crianças alérgicas ? Quem acompanha durante a alimentação ?



Deixe seu filho ciente na noite anterior que ele vai para a pré-escola no dia seguinte. Alegremente diga: "Advinha o que vai acontecer amanhã? Pré-escola!" Arrumem juntos a mochila e todos os detalhes."Você gostaria de uma laranja ou uma maçã para o lanche ?" Fique animado e diga coisas como, "Aposto que você está ansioso para brincar com os carrinhos." ou "Ei, você poderá ver a seus amiguinhos amanhã."

Chegue cedo, certifique-se de deixar bastante tempo para chegar lá e vocês não precisem correr. A pressa pode deixar vocês ansiosos! Deixe seu número de telefone celular com os professores, caso eles precisem entrar em contato com você.

Se for a primeira vez de seu filho, peça para ficar na sala até que ele fique confortável sem sua presença. Planeje ficar por ao menos uma aula. Fique confortável; leve um livro ou revista! Escolha um lugar para sentar, onde seu filho possa vê-la na maior parte do tempo. Sente-se e deixe seu filho criar um vínculo com o professor. Tente não ficar andando pela sala; fique em um local de modo que ele se sinta seguro, mas esteja disposto a se levantar e ajudá-lo se for solicitado. O tempo que você precisará ficar vai depender do seu filho. As crianças que são muito confiantes e têm experiência em interagir com estranhos precisarão de menos tempo. As crianças mais tímidas precisarão de você mais tempo. 

Quando sentir que ele está se ajustando e está pronto para você deixá-lo, discuta sobre o assunto com ele antecipadamente. Você pode começar deixando-o sozinho por períodos curtos e ver como ele reage. Nunca vá embora escondido; sempre deixe ele ciente de que você está indo e que vai voltar. Fale a verdade, se for trabalhar ou cuidar de outras coisas.Se ele ficar preocupado, você pode dizer "Mamãe vai ser muito rápida. A professora vai cuidar bem de você. Nós podemos tomar o sorvete depois que a aula acabar." Dê um beijo e um abraço.

Quando ele estiver confortável com os professores e coleguinhas, será mais fácil ir embora. Sempre que ele manifestar preocupações, ouça e tranquilize-o: "Você vai se divertir muito com o João enquanto a mamãe vai na biblioteca pegar alguns livros." Abrace-o.

Cumprimente o seu filho alegremente na hora em que for buscá-lo e abrace-o. Quando encontrá-lo, faça perguntas do tipo: “Você se divertiu?” ou “Com quais brinquedos brincou hoje?”, ou “O professor leu algum livro para vocês? O lanche estava gostoso ? 

Esteja atento e flexível; observe para ver como o seu filho está se ajustando. Você sente que ele está fazendo uma boa conexão com os professores? Ele se anima ao falar sobre toda a diversão que está tendo? Certifique-se de ouvi-lo sobre como ele se sente e estar preparado para fazer alterações, se necessário. Se achar que ele está começando a agir de forma estranha em casa, pense em reduzir o número de dias que ele vai para a escola ou mude-o para uma pré-escola com uma classe menor.

Dicas extras:

Certifique-se de que os professores são realmente bons, e que não estão apenas atuando na frente dos pais. Apareça em momentos aleatórios para ver o que realmente está acontecendo.

Escolha uma pré-escola que seja bem avaliada e recomendada. É claro, não se esqueça de verificar a escola por si mesmo, pois estas classificações são apenas opiniões de outras pessoas.

Antes mesmo de inscrevê-lo para um vaga na pré-escola, brinque de escolinha com seu filho para passar a sensação de como será na pré-escola.

Se ele fizer amizades, tente conhecer os pais e marcar um encontro para as crianças. Talvez até você possa fazer amizade com a mãe ou o pai da outra criança! Eu fiz muitas amizades na escola dos meus filhos e posso dizer que é muito bacana , pois nos sentimos acolhidas. Vale a pena !!! 

E para terminar, coração de mãe , nunca se engana ; se seu filho mudar de comportamento por muitos dias , ficar agressivo ou inquieto, avalie todos os aspectos da adaptação escolar, certifique-se de que é apenas uma fase.

Boa sorte para todas nós mães e aos nosso pequenos nessa grande aventura da vida escolar.
bjs !!! 



trechos adaptados : pt.wikihow.com/Ajudar-uma-Crianca-a-se-adaptar-a-pre-escola
Licença : Creative Commons.

Dicas de como economizar na compra de material escolar

Dicas de como  economizar na compra de material escolar

Na volta às aulas, uma preocupação que assusta os consumidores é a compra de material escolar para as crianças. Segundo o Procon em 2017 na capital paulista o aumento nos preços do material escolar chegou a 13%.


Por isso é importante saber que usar produtos novos é maravilhoso , mas reaproveitar materiais usados e em bom estado é uma dica importante para, não só educar os pequenos, como também economizar


Aqui em casa a mochila da Manuela será reaproveitada, até porque ela usou somente por quatro meses no ano passado, a do Samuel ainda estamos estudando a possibilidade de comprar outra , mais por conta do tamanho mesmo, porque daria para aproveitar numa boa, vai depender de quanto de material ele irá levar todos os dias esse ano de 2017.



dicas de como economizar na compra de material escolar



“É por isso que a prática de reutilização de materiais em bom estado é uma ideia sustentável. Práticas sustentáveis não significam apenas ser ambientalmente correto, mas também adotar práticas mais econômicas”, afirma o pesquisador do Idec, João Paulo Amaral.


Os três R’s
Segundo Amaral, considerando a tendência crescente nos preços dos produtos, o ideal é que o consumidor se guie pelo conceito dos três R's: reduzir, reaproveitar e reciclar.

Reduzir: 
- Reflita sobre a quantidade de material utilizado e só compre se for necessário. Utilize materiais que sobraram do ano passado, tais como cadernos em branco, lápis, apontador, entre outros itens. Se não quiser mais usá-los, doe para que outros possam reduzir também seu consumo de novos materiais;


- Mude pequenos hábitos, como desperdiçar menos papel, usar os dois lados da folha, encadernar folhas impressas para usar como rascunho, conserve suas canetas, mantendo-as com tampa fechada para evitar que a tinta seque.


Reaproveitar:

- Incentive a escola dos seus filhos a reaproveitar os livros dos alunos que passaram de ano;


- Procure livros didáticos em lojas de livros usados ou sebos online. Em algumas lojas pode-se encontrar descontos de até 96% nos preços.


Reciclar: 


- Aquilo que não deu para economizar ou que você não vai mais utilizar, coloque para reciclagem no ponto de coleta seletiva mais próximo. 


Depois de ter aplicado a técnica dos três R´s , vou listar outras dicas também de muita importância.


Compre somente o necessário

A Lei Federal 12.886/13 proíbe a inclusão na lista de material escolar do aluno itens de uso coletivo, como papel higiênico, sabonete , detergente, álcool, copos e talheres descartáveis, grandes quantidades de papel, tinta para impressoras, grampeador, grampos e pastas classificadoras. Também não é permitido que exijam a compra de marcas e modelos de material em estabelecimentos específicos aos pais.


 Faça orçamento no seu bairro/cidade

 O clássico orçamento de loja em loja , ainda é muito válido e praticado por muita gente. Inclusive tem lojas que cobrem orçamento, então fique de olho nessas oportunidades.


 Pense na qualidade do material

Ao procurar materiais, procure pela qualidade dos itens. As pastas irão rasgar em sua mochila? O espiral irá se desfazer ao usar o caderno? Se comprar itens que não duram o ano inteiro, você ficará desorganizado. Certifique-se que os itens comprados aguentam o uso normal, caso contrário o barato pode sair caro.


Compra coletiva

Reúna-se com outros pais para uma compra coletiva. Alguns estabelecimentos concedem bons descontos para compras em atacado. Depois é só dividir os custos entre os compradores.


Fique atento em materiais com personagens

Nem sempre o material mais sofisticado é o mais adequado ou de melhor qualidade. Fique de olho nos preços de materiais com personagens e logotipos: eles costumam ser mais caros.


Compre livros usados:

Os livros são um dos maiores responsáveis pelos altos preços das listas escolares, por isso eles podem ser adquiridos em sebos, a preços mais baixos.


Deixe as crianças em casa:

 Essa dica é clássica e bem discutida entre as famílias. Eu não vou negar que gosto de levar meu filho para que ele possa escolher algumas coisas, claro na medida do possível. Mas em tempos de crise , deixar as crianças em casa pode impactar em boa economia. Visto que eles tem uma tendência a escolher coisas mais caras. Porque será ???

Bom , por hoje foi só , espero que você tenha gostado das dicas de hoje. Se você tem alguma dica a mais para compartilhar , deixe nos comentários.

Até mais !!!





Como Lavar uma Cadeirinha de Carro Infantil

em 25 janeiro, 2017

Como Lavar a Cadeirinha de Carro Infantil


A cadeirinha do carro é um item de extrema importância para todos os bebês e crianças, pois já sabemos que ela tem a função de proteger as crianças em casos de acidentes. Mas como é um acessório que praticamente fica no carro , muitas vezes esquecemos de quanto é importante cuidar da higiene para que não acumule sujeira e bactérias que possam trazer doenças.

Então confira as dicas : 


Como Lavar uma Cadeirinha de Carro Infantil



Escolha um bom momento para lavar o assento. Visto que a maioria dos pais só tem um assento de carro infantil, é importante iniciar o processo de limpeza quando tiver certeza de que você não vai precisar dele por algum tempo. Pode ser um final de semana que irão ficar em casa, por exemplo.

Retire o assento infantil. Desate todas as correias e desinstale o assento. Isso permitirá que você lave a cadeirinha completamente sem subir no carro e deixar tudo molhado. Também será mais fácil chegar a todas as partes do assento infantil.

remova migalhas e detritos da cadeirinha. Balance a cadeirinha para remover todas as migalhas ou outros detritos que tiverem se acumulado.

Use um aspirador de pó. Se você tiver um aspirador de pó com um pequeno anexo, use-o para remover qualquer resíduo adicional que possa estar preso nas paredes divisórias e cantos.

Retire a capa do assento. A maioria dos assentos de carro infantis têm coberturas de pano que podem ser removidas. Se tiver o manual do produto, verifique-o para ver como remover esta capa. Se não, você pode geralmente começar a partir do topo, desabotoando grampos, fechos e botões até chegar à parte inferior do assento.

Remova as correias. Depois de ter retirado a capa, você também deve retirar as correias. Tente memorizar a localização de cada uma para que você saiba como colocá-las de volta no lugar (isto é especialmente importante se você não tiver o manual).Se estiver especialmente preocupado em colocar as tiras de volta no lugar corretamente, considere tirar um a foto do banco

Limpe todos as manchas óbvias na capa de pano. Após a cobertura de pano ter sido removida, você pode facilmente esfregar um detergente suave em todos os pontos visíveis ou manchas. Esfregue em um movimento circular para deixar esses lugares limpos.

Se a cadeirinha não tiver uma capa removível, faça o seu melhor para lidar com as manchas usando uma esponja e sabão. Esfregue até que as manchas desapareçam. 

Coloque a capa na máquina de lavar roupa. Verifique o manual ou o rótulo da capa para obter instruções específicas, mas, em geral, é melhor lavar no ciclo delicado. Use um detergente suave; lembre-se que, mais tarde, a pele do seu filho vai estar em contato com a capa. Certifique-se de que o tecido seja completamente lavado. 
De um modo geral, as capas de algodão podem ser lavadas na temperatura de até 60 °C. Se a sua capa for feita de fibras sintéticas ou cores escuras, no entanto, mantenha a temperatura de lavagem em até 40 °C.

Lave a capa com a mão se ela não for removível. Se não for possível remover a capa para lavá-la na máquina de lavar roupa, você vai precisar lavar à mão. Use uma esponja e detergente neutro para limpar todo o tecido.

Limpe a base de plástico e fivelas. Após ter lavado a capa, continue lavando as partes de plástico e metal do assento. Use um pano úmido ou esponja, juntamente com um detergente neutro e água. Esfregue toda a sujeira e, em seguida, lave bem com água corrente. 

Coloque a superfície de plástico para secar. Depois de ter lavado as partes de plástico e metal do assento, você pode simplesmente deixá-lo em algum lugar ao ar livre. Esfregá-lo com um pano seco vai agilizar o processo, mas, em geral, é melhor permitir que um dia se passe para secar completamente.

Deixe a cadeirinha no sol. Se você não pôde remover a capa, deixe o assento inteiro em um lugar ensolarado para secar.

Recoloque a capa. Após ela ter secado completamente, recoloque a capa no assento infantil. Consulte o manual de instruções, se necessário.

Recoloque as correias. Puxe a alça de volta através dos furos corretamente, na ordem certa, para instalar o assento apropriadamente e se certificar de que ele está seguro para o seu bebé. Novamente, consulte o manual de instruções, se necessário.
Certifique-se de que as correias não se torcem quando você enfiá-las através do assento. Torções nas alças podem desencadear o desgaste mais rápido e esfregar desconfortavelmente contra a pele do seu bebê. Pior ainda, se as alças estiverem severamente torcidas, elas podem não segurar seu bebê corretamente no caso de uma colisão.

http://pt.wikihow.com/Lavar-uma-Cadeirinha-de-Carro-Infantil - Adapatdo
Licença : Creative-Commons























No @Instagram

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 3.0 Brasil.
Topo